Caminhos da Água
Conhecimentos ecológicos tradicionais da água no Alentejo rural

Destaques: A região do Alentejo, até meados do século XX, era uma terra árida e, devido a isso, as pessoas adquiriram um saber gerir muito bem a água, desenvolvendo ao longo dos séculos o que se pode considerar uma cultura da água. Fiquei interessado em compreender melhor a sabedoria popular da água e por isso dediquei a minha tese de mestrado a esse assunto. Este passeio é uma caminhada pelos principais pontos de água da vila de Arraiolos, como as fontes monumentais, e é sobretudo uma pedagogia da água através da interpretação da etnografia local e da observação do meio-ambiente. Poderá aprender como usar os sentidos para identificar água doce potável.

 

Especial: Refeição e workshop de gastronomia “Como fazer uma Açorda” num restaurante local.

 

Principais atrações: Fontes monumentais urbanas, poços, tanques, nascentes de água e outras estruturas hidráulicas. Fonte de São João. Antigo Convento dos Lóios e Igreja de Nª Sª da Assunção com paneis de azulejos azuis. Fonte de Santa Justa. Ponte romana. Biodiversidade. Vista panorâmica e interpretação da paisagem.

 

Preço: 

Pessoas 1 ou 2  |   3   |   4   |   5   |   6    |    7

                50€    70€ 85€ 95€ 105€ 115€

Inclui água, fruta e mapas.

Máximo até 10 pessoas – o valor é 125 €.

Workshop tem o valor de 55 € por pessoa com a refeição incluída. Duração de 1h30.

 

Duração: 2/3 horas.

©2020 by Alentejo Heritage
RNAAT: 2062/2018 - Turismo de Portugal